Miopia pode atingir metade da população mundial em alguns anos

Miopia

A miopia, deficiência visual caracterizada pela dificuldade de enxergar “de longe”, acontece porque o globo ocular cresce mais que o normal. Os primeiros sintomas aparecem na infância e, por isso, é tão importante a visita ao oftalmologista antes da idade escolar. Quando não diagnosticada, além da dificuldade de visão, a miopia pode evoluir e facilitar processos de catarata, glaucoma, descolamento de retina, que pode causar cegueira.

No mundo todo, cada vez mais pessoas são diagnosticadas com miopia. Em 50 anos a doença duplicou e, caso mantenha essa progressão, atingirá metade da população mundial em 2050.

Especialistas acreditam que uma das principais causas é o fator genético, mas estudos comprovam que as pessoas que passam mais tempo ao ar livre têm menos probabilidade de ficar míopes em comparação com as que passam grande parte do tempo em ambientes fechados. Estimular as crianças a passarem algum tempo ao ar livre pode desacelerar a miopia, uma vez que os níveis de luz no exterior são mais altos.

A correção da miopia é feita por meio de lentes corretoras. Ao utilizar lentes de contato ou óculos, o erro de refração causado pela miopia é corrigido e a imagem é focada na retina de maneira correta. Pacientes adultos, que já possuem um grau estabilizado podem realizar cirurgia a laser, que corrige o erro de refração e descarta necessidade de lentes corretoras.

A cirurgia de miopia deve ser realizada por médicos oftalmologistas com especialização em miopia. Uma cirurgia feita de maneira incorreta pode piorar o problema e causar cegueira irreversível.

0 comentários

Deixe seu comentário