Cirurgia refrativa pode aumentar o rendimento dos atletas

Segundo informações do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO), cerca de 33 milhões de brasileiros possuem alguma falha de refração e necessitam de correção visual. Muitos desses pacientes são atletas profissionais ou amadores, o que faz com que mesmo uma pequena falha de refração se torne um grande incômodo, já que a visão é responsável por até 85% dos estímulos que resultam nos movimentos do corpo.

goal-2042584_960_720

Habilidades visuais como a estereopsia, percepção de profundidade formada pela fusão das imagens dos dois olhos formando uma imagem única e tridimensional, e a visão periférica, que consiste na capacidade de perceber o que está fora do foco principal da visão, são especialmente importantes para a prática esportiva. É por meio da visão periférica, por exemplo, que os jogadores de futebol conseguem ver a movimentação do adversário à sua volta sem perder a atenção da bola e da jogada.

A correção refrativa por meio de óculos, mais utilizada no Brasil, não é a mais recomendada aos atletas, pois além de não possibilitar correção em todo o campo visual (alguns pontos periféricos não serão alcançados pela lente dos óculos), os óculos podem sofrer impactos (causando ferimentos) ou até mesmo, cair do rosto.

As lentes de contato são a primeira escolha de correção visual para a maioria dos esportistas, já que quando comparadas aos óculos, elas ampliam o campo de visão. Porém, ainda que mais segura, a lente de contato também pode gerar incômodo ao se deslocar no olho.

A cirurgia de correção dos erros de refração é o tratamento mais indicado para atletas amadores e profissionais. É importante observar que nem todas as pessoas podem ser submetidas à cirurgia refrativa. Após avaliação, o oftalmologista poderá dizer se o paciente é um candidato à cirurgia refrativa ou não.

Tipos de Cirurgia Refrativa

PRK: A aplicação do laser ocorre diretamente sobre o tecido corneano superficial. Durante o PRK, a energia do excimer laser vaporiza o tecido corneano, permitindo esculpir a córnea e modelar sua curvatura para eliminar a miopia, hipermetropia ou astigmatismo.

Após a aplicação do laser, uma lente de contato terapêutica é colocada sobre a córnea. Geralmente a lente é utilizada por no máximo cinco dias do pós-operatório.

LASIK: A técnica do LASIK difere da PRK porque corrige a visão agindo em uma das camadas internas, ao invés de atuar na superfície da córnea. Com isso, a melhora da visão ocorre, geralmente, em até 24 horas do pós-operatório.

Na técnica do LASIK, após o olho ter sido anestesiado com colírio, um aparelho é colocado entre as pálpebras para impedir que se pisque durante a cirurgia. Em seguida, um instrumento chamado microcerátomo realiza um corte muito delicado e preciso na superfície da córnea com a finalidade de levantar uma fina camada (lamela). Esta mesma etapa pode ser realizada com outro tipo de laser, chamado de Femtosecond Laser. Quando utilizamos o Femtosecond Laser em cirurgias refrativas, chamamos este procedimento de iLasik, ou seja, todas as etapas da cirurgia são feitas à laser.

Após a confecção da lamela deve-se olhar para a luz do Excimer para o laser ser aplicado e remodelar a forma da córnea. Por fim, a lamela é recolocada de volta ao lugar sem necessidade de pontos.

Personalização

Tratar dois pacientes com a mesma doença de forma igual seria o mesmo que não levar em conta a individualidade de cada um. O mesmo acontece com os olhos que, embora tenham o mesmo vício de refração, apresentam variáveis oculares como diâmetro, curvatura e espessura de córnea, profundidade de câmara anterior, comprimento axial etc.

Cirurgia Refrativa Personalizada é uma nova tecnologia desenvolvida para as Cirurgias Refrativas, tanto no PRK como no Lasik. Permite um tratamento mais preciso e personalizado para cada olho. Diferentemente do PRK ou Lasik convencional, a Cirurgia Refrativa Personalizada varre pequenas imperfeições da superfície ocular, chamadas de aberrações.

Por aumentar a segurança e melhorar a qualidade da visão, reduzindo eventuais dificuldades na visão noturna, esse procedimento é o mais indicado aos pacientes que praticam qualquer tipo de esporte.

0 comentários

Deixe seu comentário